sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

A grande teoria Maia sobre 2012


É difícil dizer o que uma civilização de 1500 anos atrás possa nos ajudar nos dias de hoje. Os maias eram yoguines, baixavam os seus batimentos cardíacos para 52 batidas/minuto. Ficavam os cinco dias do ano em completa meditação para purgar os males do ano. Quando retiravam a casca da baalché, a árvore sagrada que dava uma bebida que era utilizada nos rituais, o sacerdote pedia desculpas a árvore, porque respeitava a natureza. Viviam nas florestas, porque conheciam todas as plantas necessárias para suas doenças. Os adúlteros eram condenados à morte, bem como os ladrões e os corruptos. E tinham uma missão na Terra: calibrar todos os calendários para ofertá-los à posteridade. As mulheres maias, há 1500 anos atrás podiam chegar a rainha, sem qualquer problema, casavam-se muito cedo. Talvez, para dar certo, o casamento era feito na puberdade: o rapaz com doze a treze anos e a menina com 10 ou 12 anos. Viviam em comum até a menina tornar-se mulher e, só depois, havia sexo. A Elite possuía tudo e os pobres quase nada. Este foi o povo que formulou as profecias, que sempre geram polemicas mas tem uma ligação enorme com o período no qual estamos vivendo.

Mas e 2012?
Agora as expectativas se voltam para 2012. Sim, eis o próximo fim-do-mundo! Por quê 2012? Por que foi escolhido pelos místicos americanos, oras! Desta vez é o famoso movimento New Age (ou como diria o Cartman, dos “Hippies fedidos”) que profetiza o final dos tempos. Eles se baseiam agora no calendário de Contagem Longa dos maias. Ou melhor, se baseiam num suposto fim do calendário maia.



Os Calendários Maias

Os maias, a bem da verdade, usavam três calendários diferentes e inter-relacionados, todos organizados como hierarquias de ciclos de dias, com várias durações. A Contagem Longa era o principal calendário para fins históricos. O Haab era o calendário civil, e o Tzolkin, o religioso. Todos os calendários maias são baseados apenas na contagem serial de dias, ou seja, não são calendários sincronizados ao Sol ou à Lua, como o nosso calendário. Apesar disso, tanto a Longa Contagem quanto o Haab contém ciclos de 360 e 365, respectivamente, valores muito próximos do número de dias do ano solar. Por basear-se apenas na contagem dos dias, a Longa Contagem é muito parecida com o sistema de dias julianos e outras representações modernas de datas e tempo. Também é interessante notar que tal calendário conta a partir do zero. Ou seja, mesmo antes dos hindus, os maias foram o primeiro povo a usar o zero.

Vamos organizar uma tabela com os ciclos do calendário Maia:

Kin – Equivale a 1 dia
Uinal – Equivale a 20 Kins (20 dias)
Tun – Equivale a 18 Uinal (360 dias / 1 ano aprox.)
Katun – Equivale a 20 Tun (7.200 dias / 19,7 anos)
Baktun – Equivale a 20 Katun (144.000 dias / 394,3 anos)
Pictun – Equivale a 20 Baktun (2.880.000 dias / 7.885 anos)
Calabtun – Equivale a 20 Pictun (57.600.000 dias / 157.704 anos)
Kinchiltun – Equivale a 20 Calabtun (1.152.000.000 dias / 3.154.071)
Alautun – Equivale a 20 Kinchiltun (23.040.000.000 dias / 63.081.429 anos)



A Longa Contagem é organizada de acordo com a hierarquia de ciclos mostrados acima. Cada ciclo é composto de 20 unidades do ciclo anterior, com exceção do tun, que é composto de 18 uinal de 20 dias cada. Isso resulta num tun de 360 dias, o que é uma boa aproximação com o ano solar, tendo em vista que outros povos antigos, como os romanos, usavam um calendário exclusivamente baseado no ciclo solar, com 360 dias.

Os Maias acreditavam que, ao fim de cada ciclo Pictun, equivalente a 7.885 anos, o universo seria destruído e recriado. Esta é a verdadeira profecia maia. Infelizmente (ou felizmente), este ciclo só acabará em 12 de outubro de 4772.

Por outro lado, 2012 vai ser MESMO um ano de mudança no calendário maia e é nisso que se baseiam as presentes previsões reptilianas. Para os adeptos da teoria dos “maias engenheiros dimensionais do tempo” de plantão, o fim do mundo chegará em 21 de dezembro de 2012. Mas se convertermos esta data para o calendário maia de Longa Contagem, obteremos o seguinte resultado: 13.0.0.0.0. Isso significa que esse será apenas o início do 13º ciclo Baktun. Seria o equivalente ao início do século 13 para os maias, enquanto nós já estamos, de acordo com nossa contagem, no século 21 (o 12º ciclo Baktun começou em 18 de Setembro de 1618). Isso tudo acontece apenas por que são meios diferentes de contar o tempo, que além disso começaram a ser contados em épocas distintas.
Então, da mesma maneira que o mundo não acaba em 31 de Dezembro, o mundo não acabará dia 21/12/2012. Simples assim…


Mas, então, por quê 21 de dezembro de 2012 foi escolhido pelos místicos, esquisotéricos e charlatões? A resposta é simples e óbvia; uma soma de dois fatores:

1) Superstição. Como vimos, essa data corresponde a 13.0.0.0.0. O que está acontecendo com o pessoal da New Age é o velho medo do número 13. Só isso.
2) O povo picareta quer ganhar dinheiro. Ninguém ficaria assustado e compraria os livros best-sellers se o “fim do mundo” fosse em 4772… está muito distante…


Ahhh, e como curiosidade, quem quiser calcular sua data de nascimento no calendário Maia pode acessar este site:

http://users.hartwick.edu/hartleyc/mayacalendar/mayacalendar.html

9 comentários:

  1. OS MAIAS PREVIRAM, E NÓS IREMOS COMPROVAR

    ResponderExcluir
  2. Os Maias foram povos sábios, sabiam que o fim desse calendário prediria alguma coisa... mas não quer dizer que essa "coisa" seria exatamente o fim da Terra, talvez seria uma espécie de transição, de uma mudança de hierarquia planetária...

    ResponderExcluir
  3. muito bom, conseguiu transmitir o texto com clareza, parabéns :D

    ResponderExcluir
  4. Pois é, muita gente interpretava errado essa teoria, e mais uma vez pra colocar medo no mundo, quem "deduziu" errado? Os .EU.A., pq será né??

    ResponderExcluir
  5. sim concordo mas os maias fizenrão os calculos segundo o caledario deles
    mais tem uma coisa segundo a primeira previ~sao maia o mundo ia acabardia 22/12/2012
    http://karinpsicologa.wordpress.com/2006/10/23/as-7-profecias-maias-a-primeira/
    então atlãndida esistio a milhoes de anos atrás

    ResponderExcluir
  6. nem o mundo vai acabar, nem vai acontecer nd ... tira print ai.

    ResponderExcluir
  7. Linkicha - Ótimos Links! Um novo agregador de links na internet. Venha particiar: http://linkicha.com.br/

    ResponderExcluir